Fundação Nogueira Tapety, realizará o lançamento do livro “Soneto e Retalhos” | Portal Integração Noticias de Oeiras Piaui Politica, Esportes, Entretenimento, Famosos, Facebook, Twiitter, Orkut Fundação Nogueira Tapety, realizará o lançamento do livro “Soneto e Retalhos”
Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao
Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao Portal Integrao
Fundação Nogueira Tapety, realizará o lançamento do livro “Soneto e Retalhos”
Atualizado em 16 ago 2013

O charmoso Espaço Cultural do Café Oeiras, será o palco de uma Grande Festa concebida para marcar, de forma indelével, o lançamento da 2ª Edição do livro Sonetos & Retalhos, obra póstuma do poeta e desportista oeirense Gerson Campos, na noite do próximo dia 13 de setembro.

convite

Na ocasião será apresentado um clipe denominado “Gerson Campos, o navegante da folia” bem como será dramatizada a declamação do poema inédito “Monólo de uma rosa” Gerson, a cargo do ator Bonifacio Lima.

Na parte musical do evento haverá uma apresentação do recém formado conjunto musical “Os Beletristas de Oeiras” que contará com a participação especial da bandolinista Petinha Amorim, integrante do famoso conjunto musical “Bandolins de Oeiras”. Em seguida será apresentado um show adrede preparado denominado “Serenata do Adeus”, inspirado na obra de Vinicius de Morais e exclusivamente concebido para esta apresentação pelo multiinstrumentista Wilker Marques, integrante da Orquestra Sinfônica de Teresina – OST (veja entrevista do Wilker Marques no http://www.fnt.org.br/artigos.php?id=1209 )

A obra póstuma que será lançada é, em muito, diferente da edição de 1979, pois passou por uma primorosa revisão. Além disso, foi ampliada tendo ainda recebido farta documentação iconográfica e contribuições, bastante relevantes, de amigos e admiradores do poeta que jamais faltaram na sua frenética existência. Sua obra reflete, justamente, o furor existencial que o animava. O Gerson cronista revela um excelente humorista, descrevendo tipos populares e episódios pitorescos.

“Morreu muito novo esse oeirense talentoso, rico de verve, de riso franco no observar fatos e cousas e no interpretar a vida”, assim o descreveu A. Tito Filho. Seu falecimento, além de precoce, ocorreu de maneira trágica, causando trauma coletivo no dia 11 de fevereiro de 1973, no Estádio Municipal do Leme – que, desde então, leva seu nome – nos minutos finais de uma partida de futebol em que a Seleção de Oeiras conseguiu virar o placar contra a Seleção de Floriano, jogo válido pelo Campeonato Intermunicipal de Futebol do ano anterior.

 

— Por Joca Oeiras  –

convite2

Postado em: 16 ago 2013 | Por: |

IMPORTANTE:

Todos os comentários postados passam por moderação. Por este critério, os comentarios podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O Portal Integração descartara automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calunia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei.

Publicidade

Publicidade